AMIMT

Amimt

Um balanço de 2018

O ano de 2018 foi especial para a AMIMT que celebrou seu Jubileu de Ouro. Na cerimônia realizada para comemorar meio século de existência, foi lançado um livro com relatos escritos por associados sobre a participação da entidade na história da Medicina do Trabalho em Minas Gerais. A publicação é um grande registro histórico.

Na área científica, foram realizadas dez reuniões e cinco cursos, a maioria com transmissão em tempo real no grupo que foi criado no Workplace – plataforma para empresas desenvolvida pelo Facebook; no espaço restrito e seguro, os associados podem se comunicar e colaborar com informações relacionadas à medicina do trabalho. A 32ª Jornada AMIMT, com o tema “Envelhecimento da população trabalhadora e o papel do médico do trabalho”, foi outro destaque. Foram três dias de cursos, fóruns, conferências, mesas-redondas e exposições de trabalhos científicos que trouxeram muitos conhecimentos para os participantes.

Para fortalecer ainda mais a categoria, vários esforços foram feitos. A presidente da AMIMT, Walneia Cristina de Almeida Moreira, assumiu o cargo de delegada representante da Medicina do Trabalho no Sindicato dos Médicos de Minas Gerais. Além disso, diversos trabalhos realizados junto ao Conselho Regional de Medicina do Estado de Minas Gerais para solicitar uma maior ativação da Câmara Técnica de Medicina do Trabalho.

É importante ressaltar também a manutenção da união da anuidade da ANAMT e AMIMT. Como a AMIMT é uma federada da ANAMT, os médicos de Minas Gerais que se tornarem associados da ANAMT automaticamente se tornam sócios da AMIMT.

“Com empenho e muito trabalho, o ciclo se encerrou de maneira positiva. Desejo que em 2019 possamos colher os frutos plantados em 2018 e dar continuidade a trajetória de desenvolvimento e fortalecimento da categoria”, afirma Walneia.