AMIMT

Amimt

HIV – Áreas de Isolamento

Num serviço hospitalar de tratamento para meningite e aids a administração do serviço quer colocar o dormitório dos médicos plantonistas no mesmo corredor das enfermarias, numa situação tal que ao abrir a porta do quarto dos médicos, os mesmos se deparam com a enfermaria. Pesquisei alguma regulamentação a respeito e não encontrei.Existe alguma norma que exponha o assunto? e a NR 32? Será que poderia contar com a ajuda dos nobres colegas nesse sentido?

Consultamos a ANVISA sobre esta pergunta, sem, entretanto, obtermos resposta. Deste modo, após pesquisa bibliográfica, podemos dizer que, à luz dos conhecimentos científicos atuais, aos quais tivemos acesso, não há risco de contaminação biológica por dos médicos plantonistas por meningococo ou HIV (ou doenças respiratórias oportunistas que afetam estes pacientes), pelo fato de o seu dormitório estar no mesmo corredor das enfermarias.

O risco de transmissão do meningococo, mesmo pequeno, está no atendimento direto ao paciente ainda não tratado, quando este estiver tossindo, e apenas para aqueles que estão diretamente envolvidos em tal atendimento.

É oportuno lembrar que os portadores de doenças com elevado potencial de risco de transmissão pelo ar ambiente e vias aéreas, deverão estar devidamente isolados dos profissionais de saúde e pacientes, conforme as normas de biossegurança e orientação da Comissão de Infecção Hospitalar do estabelecimento de saúde, para que não haja disseminação da doença.

(Diretoria Científica/Comissão de Hospitais e Demais Serviços de Saúde)